quinta-feira, 30 de março de 2017

|A Mulher do 31| Mulher Prevenida vale Por Duas

O Guilherme cresceu... deu um pulo... as t-shirts ficam-lhe acima do umbigo quando levanta o braço; as meias ficam com o calcanhar na sola do pé; as calças do pijama pelas canelas... Ele é dos miúdos que não se queixa, não diz nada. Vai para a escola com calças rotas e camisolas com buracos, porque eu não me dei conta, e ele vestiu sem prestar atenção também.
Foto: Ana Filipa Oliveira/Janeiro 2011
O Gui bem equipado para fazer face ao frio e o ao sol em Janeiro de há seis anos.

Existem fases nas nossas vidas que nos apanham de surpresa. Por vezes há momentos que não nos avisam que vão entrar porta a dentro. Ou talvez nós não consigamos ouvi-los bater à porta, ou a chegar, lá no caminho. Quando menos esperamos, estão ali, diante de nós.

Mulher prevenida vale por duas. Contei-vos este episódio cá de casa, mas também poderia falar de tantas outras situações, e que nada teriam a ver com bens materiais. Mas fiquemos por eles. Qual a mãe que não gosta de ver os seus filhos bonitos e aconchegados? Qual é a mulher que não gosta de ver o seu marido bem arranjado e cuidado? Para isso há que existir uma ocupação anterior com as roupas, os cuidados... dos nossos filhos e marido, certo? [Parece que já estou a ouvir algumas a resmungar, mas de mim ninguém cuida!! E ele é crescido, cuide ele da roupa dele!! - confesso que nos momentos em que as hormonas falam mais alto do que tudo o resto também me saem estas frases.]

Não ter medo do que vem, porque se está preparado, traz muita paz ao nosso coração, ao nosso lar. Não se preocupar com a chegada do inverno rigoroso, da neve, do muito frio, da chuva incessante... porque já se preparou tudo de antemão, transmiti-se depois em calma e serenidade para o viver. E alegrar-se porque a sua família está bem protegida e pode assim desfrutar das suas maravilhas (eu sei que querem o verão, e estão fartos deste tempo, mas o tempo de chuva também tem o seu lado belo... vejam como se alegram as crianças, com as suas botas de borracha, saltitar nas poças de água que se formam no chão!?!?)

A Mulher do 31 é uma mulher prevenida, que com antecipação cuida da sua família. A Mulher do 31 gosta de dar o que há de melhor qualidade aos seus. A Mulher do 31 aprecia vê-los cuidados e protegidos. A Mulher do 31 não teme, não se preocupa... porque é como a formiga da história A Cigarra e a Formiga, no bom tempo reúne o que é necessário para fazer face ao mau tempo. E assim passa por ele com calma e sem sobressaltos.


Segue A Mulher do 31 (@amulherdo31) também no Instagram e no Facebook.

A Cigarra e a Formiga é uma das fábulas atribuídas a Esopo e recontada por Jean de La Fontaine em francês. Wikipédia

Sem comentários:

Enviar um comentário

© A Mulher do 31 - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Ana Oliveira.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo