quinta-feira, 9 de março de 2017

|Emagrecimento| Antes e Depois

Fotomontagem: makeovr.com
Talvez te recordes desta fotografia!? Daquela mensagem que partilhei AQUI, acerca do Antes e Depois de grávida!? Mas agora este Antes e Depois trata-se de quando ainda não tinha iniciado a minha reeducação alimentar e do ponto a que quero chegar com ela. Mas não só chegar, como manter.
Diga-se que a fotografia do Depois ainda merecia uma redução da barriga, ou uns abdominais mais definidos... O duplo queixo??? Dispenso.
Entre uma fotografia e outra ficam (de forma simulada) 10 quilos de diferença. Se me perguntares: e quando queres chegar a esse ponto? Respondo-te: sem prazos, quero respeitar o meu ritmo, quero sentir cada etapa de modo consistente, com flexibilidade, sem restrições, nem fanatismos. Até porque a minha intolerância à lactose e os meus problemas da tiróide precisam de tempo para se reestruturarem, ou eu aprender a dar-lhes a volta.
Dizem que por sofrer de hipotiroidismo tenho mais dificuldade em emagrecer. Dizem... Como me dizia aquela senhora no ginásio, depois de eu ter o meu filho há 11 anos atrás: "Ana, faz por emagreceres agora, que depois dos 30 já não consegues mais." Existem milhentos carimbos, rótulos, mitos... que eu tenho que mandar fora, ultrapassar, se quero emagrecer.
Emagrecer começa na cabeça, na nossa mente. E nessa... travam-se as batalhas mais difíceis de se resolverem. Entre o Antes e Depois há um trabalho a fazer: arrumar a  nossa casa interior. Tenho que pegar no velho e deitar fora ou remodelar... há que abrir espaço ao novo. Novas crenças, nova auto imagem, nova postura...
Esta montagem, como pessoa visual que sou, ajuda-me a focar naquilo que quero atingir. E eu sei que é muito mais do que a imagem diz. Vai para além dos olhos, mas reflecte-se aos nossos olhos.
Se dá medo? Sim, já contei AQUI, que sim. Só que o corajoso não é aquele que vai sem medo, é aquele que vai mesmo com medo. E eu vou fazer este caminho.
E tu, quais são as mudanças que te dão um frio na barriga, mas que gostarias de fazer? Pensa então, como serias tu quando ao realizá-las. Estou certa que a imagem do Depois mostra-te uma pessoa confiante, alegre... vai... vai mesmo com medo. E vive o Depois agora.

Segue A Mulher do 31 (@amulherdo31) também no Instagram e no Facebook.

2 comentários:

© A Mulher do 31 - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Ana Oliveira.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo