sexta-feira, 10 de março de 2017

|A Mulher do 31| Com Visão e Acção

Conheço uma mulher que ganhava bem, com um contracto de efectiva numa empresa com perspectivas. Mesmo assim, deixou essa estabilidade para seguir o que o seu coração ansiava. Passou a trabalhar como independente e criou um espaço para desenvolver um projecto pessoal que vinha a acalentar. Ela foi à procura do melhor lugar, das melhores condições... ela arrendou esse espaço, fez obras... ela própria estava presente quando era para realizar qualquer tarefa no seu espaço. Ela decorou. Ela fez a promoção do seu novo menino. E todo o dinheiro que ganhava como trabalhadora independente investia na realização do seu sonho. Hoje, ela faz, das 24 horas do dia, outras tantas. Trabalha até tarde, aos fins de semana e está sempre em movimento. Ela está determinada e alegre.
Acredito que possam estar a pensar que foi loucura... deixar a estabilidade de um trabalho efectivo, pela agenda cheia como trabalhadora independente e proprietária de um espaço, onde faz o seu sonho tornar-se real. Mas ninguém disse que os sonhos se realizavam sem empenho e dedicação.
Se queremos ver os nossos projectos ou negócios prosperarem, não podemos deixá-los em mãos alheias. Se queremos ver os nossos sonhos realizar-se, não podemos depositá-los noutras pessoas. Se queremos ver o nosso esforço diário a produzir resultados, temos de ser sábias para saber onde investir os nossos bens, as nossas forças, o nosso tempo. Estar atenta às oportunidades e aberta aos desafios são duas atitudes requeridas.
A Mulher do 31 é uma mulher com a mente aberta para negociar. Ela própria toma nas suas mãos as diligências necessárias para ver o seu investimento criar lucro. Mesmo durante a noite, se for necessário agir, ela está disponível e sabe o que fazer. A Mulher do 31 é empreendedora, com visão e acção.

Quem não sabe quem é a verdadeira Mulher do 31, um dia saberá. Ainda não sou eu! Mas é exemplo para mim.

Segue A Mulher do 31 (@amulherdo31) também no Instagram e no Facebook.

Sem comentários:

Enviar um comentário

© A Mulher do 31 - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Ana Oliveira.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo