Avançar para o conteúdo principal

|Aniversário| 10 Meses de Menina

Foto: Ana Filipa Oliveira
O cabelo já está a ir para os olhos... castanho clarinho e com jeitos de que ainda encaracola... e ela já está com feições de mais crescida...

Palra muito, com a voz e as mãos. Um discurso que ninguém ainda consegue traduzir, mas ela fala com convicção. 

Ri-se com a boca rasgada, e é fácil de a fazer rir, mas perante desconhecidos e situações estranhas fica com um ar muito céptico.

Prefere sentar-se do que deitar-se. É preguiçosa para voltar-se de barriga para cima ou vice versa. Ainda não gatinha. Faz marcha atrás, rastejando.
Gosta de ficar em pé e dá passinhos inseguros, connosco a segurar, apesar de querer afastar as nossas mãos. Quer dizer, os passos não são inseguros, ela até os dá com assertividade, mas o equilíbrio ainda lhe escapa.

Tem três dentinhos. E mais um que vemos debaixo da pele há meses, mas parece que é tímido e tem dificuldade em furar.

Não é gulotona. Come moderadamente e quando não quer mais, afasta a colher com a mão, vira a cara para o lado, bate com as mãos no tabuleiro e por mais que insista, a colher não entra na boca de lábios cerrados.
Ainda se engasga de vez em quando com comida que tenha pedaços ou grumos maiores, e por isso a mamã ainda prefere dar-lhe tudo mais para o bem triturado. Mas ela olha para a nossa comida com ar de quem já se aventurava.

Desde os sete meses que passou a dar noites tranquilas. De vez em quando, talvez com a questão dos dentes, é que há noites em que tenho de me levantar para dar-lhe a chucha e isso pode ser 2, 3, 4, 5 vezes... mas é raro. Sim, sou uma sortuda.

Gosta muito de ir à rua e fica na sua poltrona com um ar muito observador. As pessoas que se cruzam com ela dizem que é mesmo uma bonequinha, que ela tem um rosto marcante... e nós babamos.

Continua com olhos azuis e grandes. Continuamos sem saber de quem!? Talvez da avó materna ou do avô paterno!? 

Delira com o banho; bate na água, mexe freneticamente com os pés... a casa de banho e a mãe ficam todas encharcadas, mas a alegria é tanta que nem os salpicos que lhe vão para os olhos, ou para a boca em sorriso, a fazem parar. 

Ah, e no tapete de actividades gosta mesmo é de brincar com os pés, como se vê na foto... e os bonequinhos não servem para fazer girar, mas para coçar as gengivas... puxa-os como se puxasse um fruto de uma árvore e lá vai de dentes.

É uma felicidade poder vê-los crescer. Sinto-me tão felizarda de poder estar com ela todo o dia, todas as semanas, todos os meses... e também me sinto muito sortuda de poder confiá-la por horas a pessoas que lhe querem tanto bem, que a sufocam de beijos, que não se cansam de lhe tirarem fotografias, que lhe falam em "bebês"... que a tomam nos braços como também fosse um presente de Deus para elas. 

Que os nossos filhos possam crescer - sempre - rodeados de amor!


Segue A Mulher do 31 (@amulherdo31) também no Instagram e no Facebook.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vencedores e Vencidos - Blogs do Ano 2017

A minha curiosidade recaía sobretudo na categoria Família. Pelo segundo ano que Cocó na Fralda está no trono. (Parabéns! )Pelo segundo ano que Dias de Uma Princesa vai à luta com uma das meninas do The Woffice... e perde.
Li para aí, na esfera dos blogs, duras críticas a este concurso, como também algumas dores de cotovelo e um outro tanto de comentários. Que Sónia Morais Santos, Ana Garcia Martins e Catarina Beato têm o jornalismo em comum... e que os Blogs do Ano são levados a cabo pela empresa Media Capital pode parecer uma relação já por si pouco neutra, mas sejamos sinceros: tanto estes blogs e bloggers, como todos os outros que foram a votação, são blogs com muito trabalho investido, muitos anos de existência e muita visão de blogging.
Digamos que estes jogam na primeira liga do campeonato, depois existem outros bons, mas ainda ao nível da segunda e terceira. Se queremos jogar as partidas mais desafiantes do campeonato temos de treinar para isso, com um óptimo treinador e um ex…

Blogging e Social Media em 2017

O blog, por si só, já não é suficiente. Há uns 14 anos atrás escrevia num blog e as pessoas iam visitá-lo directamente... eram familiares, amigos, conhecidos ou desconhecidos, que de um modo ou de outro, tinham tido acesso ao endereço do mesmo. Mas agora ninguém lá vai apenas por ele próprio. Actualmente é preciso muito mais.

Agregar a um blog as potencialidades dos social media torna-se fundamental para quem quer sair da massa e tornar-se uma fatia especial e apetecível do bolo. Existem milhentas pessoas a criarem blogs. Conhecê-las a todas seria insano. E nem todas depois de os criarem, os mantém vivos. Há por aí muito blog morto!

Para criares, dar vida e  fazeres a festa connosco convido-te a ouvir o podcast do Pum Pum, para o qual fui convidada. Clica em https://buff.ly/2m7pRdw e escolhe a plataforma (You Tube, no Facebook, na Mixcloud... ) em que queres ouvir. Coloca no play a caminho para casa, para o trabalho, para a universidade, a arrumar a cozinha... Podes sempre pôr na pau…

A Tua Rotina Dita O Teu Sucesso

"O ser humano é um animal de hábitos.", provavelmente já ouviste esta expressão. Se não a ouviste, sendo tu humano, de certo que já sentiste a dificuldade de deixar um hábito ou instalar um novo. Isso deve-se a que estamos acostumados a dada coisa, e sair dessa rotina, requer esforço e dedicação. 
Acredito que também já tenhas sentido a alegria de alcançares algo e ficares contente contigo mesmo. Provavelmente para isso criaste hábitos, rituais, rotinas... para cortares a meta numa corrida de 10 km, terás tido um trabalho anterior, que te levou a desenvolver certas acções com alguma regularidade, por exemplo, correr de dois em dois dias um número de quilómetros. Nesses dias de preparação, quase de certeza que tiveste que vencer a preguiça e outros tantos obstáculos que apareceram no teu caminho. Nesses dias o sabor de correr não se compara ao sabor de cortar a meta no dia da prova. 
São esses pequenos passos que nos podem levar à vitória. E na blogosfera é tal e qual a mesma…