quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Veste-te de Alegria

Qual é o teu pecado escondido? De que te envergonhas e não contas a ninguém? Quais são os erros que gostavas de não voltar a cometer? Do que sentes culpa? A onde é que sentes que falhaste?
Hoje é dia de reflectir acerca disso tudo. Hoje é dia de recomeços, de transformações, de novos caminhos, novos horizontes.
Perdoa-te. E avança na busca do perdão que precisas, de ti própria e dos outros. Pede perdão divino para que haja cura interior. Só o arrependimento, o verdadeiro, o genuíno, é que pode levar-te a uma situação diferente, e melhor, da que vives hoje. Ter vergonha não adianta de muito... continuamos, mesmo com vergonha, a cometer esses actos escondidos. Mas quando nos arrependemos!!! Ai, quando nos arrependemos, é fogo renovador sobre as nossas vidas.
Esquece isso do "mereces castigo". Pára de te auto-flagelares. Arrepende-te, recebe o perdão e vai em frente. Deixa morrer essa culpa ou vergonha que te aprisiona, que corta as tuas asas e destrói a tua liberdade. Abre mão do sofrimento, da tormenta... de quem vive com peso de consciência. Rasga essa roupa antiga, e veste-te de alegria.

Foto: Ana Filipa Oliveira

Sem comentários:

Enviar um comentário

© A Mulher do 31 - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Ana Oliveira.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo