quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

|A Mulher do 31| Avalia a Situação

Muitas vezes somos colocadas à prova... procuramos um emprego... encontramos um, mas não é aquele que nos convém, porém precisamos de emprego... "O que fazer?", pensamos. Ou deparamo-nos com uma oportunidade para comprar aquele carro... "Mas será conveniente no momento?" Ou ainda vamos a uma loja e ficamos deslumbradas com uma peça que vimos. Por momentos examinamos bem a compra... "Será uma boa compra?!" 
É sábio ponderar os nossos actos. Adquirir, sem considerarmos todas as variáveis dessa aquisição, é tolo. Quantas de nós já se arrependeu daquele vestido que comprámos sem reflectir, só porque era lindo!? Ou quantas vezes já resmungámos pelo trabalho que temos, ou do carro que comprámos!?
As nossas acções devem gerar efeitos múltiplos. Sempre que tomamos uma decisão que ela possa multiplicar-se em vantagens. É muito sensato investir aquilo que recebemos - como salário, como fruto do nosso trabalho, nalguma coisa que rentabilize. Quando colocamos o nosso dinheiro no banco procuramos aquele que dá as melhores regalias por lá o ter, certo? Isso é rentabilizar. E as nossas compras, ou aquisições, devem ter esse papel. Para quê? Para poder gerar movimento, e movimento é vida. Para poder gerar vida em abundância. E quem tem vida em abundância, só pode ser feliz.
A Mulher do 31 é ponderada. Ela avalia a situação. Examina os prós e os contra. Se valer a pena, ela avança. Mas só vale a pena, para a Mulher do 31, se a sua acção for uma solução com efeitos multiplicadores. A Mulher do 31 investe o que ganha, para ainda ganhar mais. Investe, não em jogos de sorte, mas em algo que ela própria possa fazer produzir mais. 

Quem não sabe quem é a verdadeira Mulher do 31, um dia saberá. Ainda não sou eu! Mas é exemplo para mim.

Segue A Mulher do 31 (@amulherdo31) também no Instagram e no Facebook.

Sem comentários:

Enviar um comentário

© A Mulher do 31 - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Ana Oliveira.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo