terça-feira, 2 de agosto de 2016

Ao pé da Porta

Nestas quase oito semanas pouco tenho saído de casa. Algumas vezes para ir ao médico e poucas para conviver com os amigos. Porquê? Uma das razões acho que dá para notar nesta foto, se tomarem atenção aos meus olhos: inchados de sono. Ou seja, cansaço. E que se note que esta foto foi tirada ao final do dia. Um dia em que decidi que era o início das nossas saídas do ninho para momentos de lazer diário. Como uma amiga diz, ela já está rija, por isso, digo eu, também já está boazinha para ir para a rua com a mãe. Esta era outra das razões porque não tenho saído de casa com frequência, tinha receio por ela ser tão pequenina. Talvez possa ainda existir também uns restos daquela preguiça que vos falei... daquela quando o Gui era bebé e a montanha afinal era uma borbulha!
Para sairmos da nossa zona de conforto, a técnica passo a passo é das melhores. Ser lançada aos lobos, ou empurrada em água fria, pelo menos para mim, traz-me revolta, e não uma experiência pacífica e gratificante. Por isso, passo a passo. O primeiro foi para dar uma volta no bairro. Primeiro saímos com o carrinho, mas começou a chover, depressa voltámos para casa. Quando voltou a abrir, fomos de sling. (Parece que alguém está à espreita!)
Hoje estou a pensar em ir visitar uma amiga na cidade mais próxima. O tempo por aqui está chuvoso e cinzentão, por isso não dá para passeios longos na rua. Mas passo a passo vamos desabrochar para a vida.

2 comentários:

  1. Linda a foto e os olhinhos espertos da bonequinha mostram que ela está pronta pra passeios com a mamãe! bjs, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Chica. Não temos feito grandes passeios, mas temos saído de casa. Passo a passo :-) Para a mãe ganhar confiança. kkkk

      Eliminar

© A Mulher do 31 - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Ana Oliveira.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo