as nossas escolhas

|Blogging| Top 10 Baby Blogs em Portugal

agosto 31, 2017

Baby Blogs é um espaço virtual com duas moradas: uma em Portugal e outra no Brasil. Intitula-se como o blog onde são apresentados os melhores blogs de bebés de Portugal e do Brasil respectivamente. Mas será mesmo assim? Isso é o que vamos analisar no post de hoje.


Se olharmos com atenção para a lista dos dez melhores blogs de bebés de Portugal e se conhecermos os blogs em questão, de certo alguns pontos de interrogação começam a saltitar à volta da nossa cabeça. Uhmmmm será que o benjamim da Sónia Morais Santos, autora do Cocó na Fralda, é considerado bebé? Mateus fez dois anos... ainda se pode considerar bebé? E a menina crescida da Paula Veiga Claro, que publica o blog Angel Luzinha, também entra nesta categoria? Ou será que, por a Paula também fotografar bebés, lhe é atribuída esta designação? No blog de Magda Gomes Dias, intitulado Mum's the boss, nem ficamos a saber se quer se ela é mãe, e muito menos se tem um bebé. Mas, sim, torna-se claro que Magda dedica-se ao tema da Parentalidade Positiva e que realiza workshops e escreve livros sobre esse estilo educacional. Bem poderia continuar a descortinar toda a lista, mas parece-me que desta amostra podemos concluir que o conceito de "baby blog" acaba por ser desvirtuado neste Baby Blogs.

Neste rol encontramos um blog que foi no ano passado eleito finalista na categoria de Lifesytle nos prémios Blogs do Ano: Dias de Uma Princesa. Mas, sim, a Catarina Baeto tem um bebé mesmo, e outros dois, que a julgar pelo conceito de "baby blog" deste blog, então também o são. A autora sofreu, durante alguns meses, duros comentários por ter passado a escrever imenso acerca da filha Maria Luiza que nascera há cerca de um ano. Este blog mostra de uma forma prática como o saltar de categoria pode ser prejudicial para a relação criada entre leitores e blogger. E por outro lado que as categorias podem ser estranguladoras para a dinâmica da vida espelhada nos posts.

Catarina tinha vindo a habituar os seus leitores a textos e fotografias que abordavam o seu estilo de vida, isto não só em forma de blog, como também em livros e workshops. Escreveu acerca de alimentação, de poupanças, de mudança interior... e depois focou-se na Maria Luiza, de uma forma completamente embevecida, o que irritou as leitoras que a seguiam. Estas não só não se identificaram mais com a temática e o ângulo de abordagem, como se sentiram desiludidas, enganadas... como se Catarina as tivesse traído.

Voltando ao conceito "baby blog"... e pegando no exemplo de Dias de uma Princesa... as categorias dos blogs acabam por ser limitadoras e ao mesmo tempo orientadoras. Orientadoras, porque orientam (ou deviam) os leitores sobre o tema de dado blog. E limitadoras, porque o guardam numa gaveta, colam-lhe uma etiqueta, que lhe retira a liberdade de acompanhar o movimento, nem sempre linear, da vida. Além disso, muitas vezes apenas reflectem parte do conteúdo do mesmo.

Sendo estes 10 "baby blogs" ou não, são de certo uma boa viagem pelo mundo de blogs, que o tema bebés, maternidade, paternidade... abordam. Deste grupo há dois que sigo com bastante atenção... quem adivinha quais são?

A Mulher do 31 | Blog | Facebook | Instagram | Twitter |

SUBSCREVE







JUNTA-TE no Facebook