Aprendizagem

Live Marketing... What?

outubro 08, 2017

Hoje aprendi um novo conceito. Estava a ver um testemunho de um publicitário sobre um curso e ele dizia que trabalhava em Live Marketing... what? Na minha cabecinha saltou de imediato a lupa de pesquisa. "Isto é novo para mim!" e lá fui ao nosso amigo Google.

Fonte: Refe

Tu conheces este conceito? Podes não conhecer o conceito, mas a realidade que ele descreve, estou certa que sim. O live marketing serve para criar experiências ao consumidor de modo a que ele se torne fiel seguidor da marca, ao ponto dele próprio, por exemplo, fazer publicidade dela sem ser pago para isso, e de forma autêntica. E para tal a interacção entre a marca e o cliente toma o papel principal.

Mas mais claro do que isto está a definição que li na Eficaz - Comunicação Estratégica:
O Live Marketing se define pelas atividades de marketing que proporcionam a “comunicação viva” entre marcas e pessoas, este tipo de ação promocional estimula e provoca através de experiências sensoriais gerando maior engajamento e envolvimento por parte das pessoas que participam. 
O termo foi lançado oficialmente no Anuário do Promoview em 2013. Envolvendo o consumidor independente da ferramenta promocional utilizada, valorizando a experiência ao vivo da marca, produto ou serviço, com resultados imediatos. 
Houve a mudança de denominação pois, o que se chamava marketing promocional, se tornou restrito com o passar do tempo por conta das necessidades cada vez maiores do cliente em realizar atividades de comunicação mais diversificadas e complexas.
Portanto com a mudança, no Live Marketing, todas as ações ou campanhas que utilizam ferramentas como: campanhas de incentivo, ativações, em especial no ponto de venda, utilizando mídias em redes sociais, aplicativos, dentre outros, são do escopo do marketing promocional, que passou a ser uma das suas ferramentas.

Pesquisei alguns exemplos concretos que partilho de seguida. Esta primeira citação foi retirada da página TradeForce:
Existem muitos exemplos bacanas de live marketing para citar. No carnaval de 2016, uma marca de cerveja levou para os blocos de Recife (PE) carrinhos de mão para transportar latinhas da bebida para os foliões, além de montar um espaço para os consumidores vivenciarem um breve momento como surfistas. É claro que o público registrou a atração divertida e compartilhou as imagens nas redes sociais. Ponto para a empresa que ganhou uma divulgação espontânea.
Outra campanha de live marketing interessante foi feita por uma marca de biscoitos, que sugeria consumir o produto junto de alguém especial e incentivava o público a postar as imagens na internet.
Uma rede de escolas de idioma criou um projeto no qual estudantes brasileiros conversavam em inglês com idosos de asilos norte-americanos via internet. Outro caso clássico é o de um banco que disponibiliza bicicletas para as pessoas se locomoverem em grandes cidades.
Em resumo, live marketing é o método de divulgação onde se cria a possiblidade de um diálogo imediato com o público em questão, com ações a partir de eventos ou de campanhas específicas criadas pela marca.
Live Marketing Sorvete Gelado Foto Refe

Outros casos específicos de como usar live marketing foram apontados no Blog Gruv:
UTILIZAÇÃO DE FOOD TRUCKS 
Os food trucks são um sucesso nos dias de hoje e a sua utilização é muito comum nas estratégias de live marketing de diversas empresas. Eles possibilitam exatamente o preceito mais básico dessa tendência: a interatividade com o público e a sensação de que o comprador está recebendo uma vantagem com essa relação. 
Eles são utilizados das mais diversas formas, indo desde a criação de conceitos gourmet até a distribuição de cookies e biscoitos em áreas centrais ou locais movimentados das grandes cidades. Os custos não são elevados, mas o faturamento das marcas costuma experimentar uma boa melhora após essas ações. 
CONCURSOS COM OS CLIENTES 
Outra forma de live marketing está em possibilitar que os clientes efetivamente participem dos processos da empresa. Isso pode acontecer, por exemplo, por meio de um concurso no qual uma rede de restaurantes ou até mesmo uma marca de biscoitos pede para que os clientes enviem uma ideia de sabor ou de receita para os seus produtos. 
A comoção gerada por meio desse tipo de ação é enorme e, muitas vezes, as pessoas nem precisam de grandes premiações ou vantagens. Elas entendem o próprio estreitamento da relação com a marca como um benefício e compreendem que participar da conceituação de uma mercadoria já mostra respeito e estima da organização para com o seu público. 
APLICAÇÃO DE REALIDADE AUMENTADA 
Esse é um exemplo marcante do uso da tecnologia em favor do live marketing. Mais comum no mercado imobiliário atualmente, a realidade aumentada consegue mostrar produtos para os clientes por meio do uso de aparatos 3D, em um estande de vendas ou até mesmo na própria residência do comprador em potencial. 
Dessa forma, uma incorporadora que fez um empreendimento residencial de alto padrão, por exemplo, não precisa montar um apartamento decorado e nem fazer os clientes se deslocarem até o local para vê-lo. É possível fazer tudo virtualmente, mas sem perder a possibilidade de encantar e atrair as pessoas.
Concurso de clientes Live Marketing Foto Refe


A Mulher do 31 | Blog | Facebook |Instagram | Twitter 

SUBSCREVE







JUNTA-TE no Facebook